5 de nov. de 2013

Como é feita a limpeza de caixa de água ?

Antes                                          Depois
- Fecha-se o registro de entrada de água alguns dias anterior à limpeza para que a caixa tenho somente a quantidade suficiente para que possa ser lavada.
- Nossos técnicos ao chegar ao local fecha os registros de distribuição que abastece o imóvel de uma das caixas, sendo assim a outro ficará abastecendo.
- Inicia-se a limpeza das paredes e fundos com escovas de nylon de cerdas macias.
- Depois de toda a caixa esfregada nosso técnico abre o registro da tubulação de drenagem para ser escoada a água suja.
- Em seguida é aberto o registro de entrada ou retirado água da outra caixa para enxágüe das paredes e fundos.
- Retira-se toda a água da caixa com um pote de plástico.
- Seca toda a caixa com pano já desinfetado com hipoclorito do sódio.
- Desinfeta a caixa com hipoclorito de sódio conforme norma dos órgãos competentes.
Em seguida abre o registro de entrada de água da rua para encher a caixa novamente com água limpa.
- Quando a água chega no nível para descer para o imóvel abre-se o registro de distribuição e fecha o da seguinte caixa que será limpa, mantendo o mesmo procedimento na próxima caixa.

Quando o cliente permite nossos técnicos fazem o manuseio da água de uma caixa para outro com bombas submersas.
Em quanto tempo é feita a manutenção ideal para a limpeza de uma caixa d´água ?
A limpeza de caixas de água devem ser feitas a cada seis meses por uma empresa especializada e com pessoal treinados para que não haja transtornos ao consumidor.

Na limpeza de caixas de água de condomínio o zelador é orientado a fechar os registros de entrada da rua para as caixas quantos dias anteriores e achar que as caixas elevadas do prédio possam suportar em abastecer as unidades.

No dia da limpeza das caixas geralmente nossos técnicos iniciam a limpeza pela caixas de água superiores, fazendo sempre o revezamento das águas, sendo autorizada pelo condomínio.
Ficará na parte superior do prédio números impares de caixas limpas e cheias, as outras que serão limpas posteriores serão abastecidas pelas água dos reservatórios inferiores pelas bombas de recalque do prédio.

Quando iniciar a limpeza dos reservatórios nossos técnicos controlarão os registros das bombas fazendo com que as mesmas puxem somente de um reservatório. Sendo assim a limpeza será feita em uma caixa de cada vez tendo possibilidade de ser feito o manuseio da água com nossas bombas evitando o desperdício de água potável.

Nas caixas elevadas dos edifícios e em qualquer caixa elevada quando são superiores a dois mil litros existe um tubo de drenagem que se chama, “ladrão” é o tubo de limpeza, o registro deste tubo sempre permanece fechado só é aberto quando na limpeza, nossos técnicos são altamente treinados na abertura deste registro, pois quando ele é aberto por pessoa que não tem treinamento este tubo geralmente causa inundações, porque as vezes ele é jogado dentro das calhas dos telhado onde as mesmas não suportam tanto água e inundam as lajes e forros causando prejuízos ao consumidor.

As vezes eles deságuam em ralos que não suportam tanto água vindo a inundar os locais danificando moveis, pisos de madeira, etc.

Em caso de uso de hidrojateamento para limpeza das paredes é de extrema importância que se utilize jatos de água bem fracos para não danificar a impermeabilização. O mais adequado é a utilização de escovões de cerdas bem macias e que as caixas sejam limas a cada seis meses.
Fonte:http://www.limpezadecaixadagua.com.br/

Nenhum comentário: