4 de jul de 2019

Como se preparar para períodos de fortes chuvas na cidade? Como evitar danos ao condomínio?

Os períodos de fortes chuvas trazem muitas preocupações para moradores de condomínios pois as consequências podem prejudicar o dia a dia até causar acidentes graves. O grande fluxo de águas nestes períodos costuma trazer prejuízos e vários incômodos para quem mora e quem administra condomínios. Veja, a seguir, que ações devem constar no plano de manutenção e prevenção para evitar os possíveis transtornos decorrentes das chuvas.

Limpe o sistema de drenagem e as tubulações
A grande quantidade de água pode causar desde poças que atrapalham a circulação de carros e pessoas até problemas mais graves como a inundação de garagens ou o alagamento de áreas do condomínio.

Para evitar estas situações, é importante garantir a limpeza e manutenção das calhas de chuva, dos ralos, galerias de esgoto e das tubulações que garantem a passagem da água.

Faça a manutenção de telhados e das lajes
Outro ponto de proteção contra os danos causados nos períodos de fortes chuvas são as telhas que estão presentes em diferentes locais do condomínio. A quebra ou o envelhecimento dos telhados pode provocar prejuízos e até acidentes graves.

Os problemas mais comuns são telhas que ficaram soltas, rachadas ou que apresentam falhas. Nas lajes também é comum aparecerem fissuras que podem facilitar a penetração da água. Verificar as condições dos telhados e lajes e realizar a manutenção preventiva é o melhor remédio para evitar sofrimentos.

Revise o sistema elétrico e os para-raios
Um cuidado importante é revisar periodicamente as condições do sistema elétrico do condomínio. Avalie as fiações, caixas de electricidade e os equipamentos essenciais para o funcionamento do sistema de segurança, luzes de emergência, comunicação e portaria.

Os para-raios também devem passar por verificação anual, com uma empresa especializada, a fim de se garantir a sua eficácia durante as chuvas com trovoadas.

Solicite a poda de árvores
Todos querem usufruir dos inúmeros benefícios de se morar próximos as árvores. Porém, com o tempo elas também envelhecem e necessitam de cuidados especiais.

Para se evitar acidentes, é importante programar junto à Prefeitura a realização de podas, principalmente naquelas que estejam muito próximas dos postes ou que apresentem sinais de deterioração de sua estrutura.

Vede janelas e portas
Em todo condomínio, existem pontos que são mais suscetíveis à entrada de água da chuva, ventania e umidade. Alguns destes locais, às vezes por estarem mais distantes ou por terem pouca utilização, podem passar desapercebidos durante o planejamento de preparação para as chuvas.

Além de mapear estes locais mais vulneráveis, é importante garantir que seja realizada a vedação adequada de portas e janelas que apresentem fissuras, espaçamentos ou outros problemas que podem favorecer a entrada de água ou de ventos fortes.

Prepare-se para as ventanias
As chuvas não são a única coisa que deve constar no planejamento preventivo. Os ventos fortes também costumam causar danos e incómodos. Além do estado das árvores, é importante verificar as condições de estruturas como toldos, antenas, placas, tampas de caixas d’água, equipamentos de lazer e tudo mais que pode ser levado pelo vento.

Outros cuidados para os períodos de fortes chuvas
Também deve-se dar atenção para evitar as seguintes situações:

Não deixar acumular água que favorece o surgimento de mosquitos;
Estar em dia com a manutenção de equipamentos como elevadores e bombas d’água;
Conscientizar os moradores a tomarem medidas preventivas em suas residências (ou escritórios);
Orientar os funcionários quanto aos procedimentos durante as chuvas fortes.